NORMAS PARA SUBMISSÃO DE TRABALHOS

IV SIMPÓSIO DE RECURSOS HÍDRICOS

NOSSAS MATAS, NOSSOS RIOS

 

O trabalho completo aceito será publicado na Revista Brasileira de Ciências da Amazônia (RBCA), os resumos expandidos (e os resumos simples dos artigos completos) serão publicados nos anais do evento. Dentre os artigos enviados, serão selecionados alguns trabalhos para compor o Livro AMAZÔNIA: Reflexões e indicadores para gestão de recursos hídricos.  NOTA: As diretrizes abaixo foram baseadas nas normas da Revista Brasileira de Ciência da Amazônia (RBCA).

 

DIRETRIZES PARA AUTORES

 

Serão aceitos artigos, revisões, notas científicas, painel (apenas para ONGs, Grupos de Pesquisas, Comitês de Bacia Hidrográfica, Instituições de Pesquisa Governamental e Organizações não Governamental) e trabalhos técnicos em português, espanhol ou inglês, resultantes de pesquisas dos eixos temáticos do evento, desenvolvidas ou aplicadas à região Amazônica. Trabalhos de áreas de conhecimento correlato podem ser eventualmente submetidos para publicação, desde que apresentem uma contribuição relevante ao conhecimento do Bioma Amazônico.

Os trabalhos submetidos devem ser originais, não publicados ou submetidos para publicação em outro periódico. As “instruções aos autores” devem ser seguidas criteriosamente. Os manuscritos devem ser redigidos de maneira clara e objetiva (a revisão gramatical é de responsabilidade dos autores), e o uso de abreviaturas e jargões evitado. Aos editores reservam-se o direito de recusar o manuscrito, levando em consideração a sua relevância científica e conformidade com as normas estabelecidas, bem como suspeita de plagio sendo os autores informados. Após o preparo do manuscrito, conforme instruções apresentadas, o mesmo deve ser submetido unicamente através do e-mail simposiohidrico_cientifico@unir.br

            Os artigos passarão por uma revisão teórica cientifica realizado por pesquisadores vinculados a Universidades brasileiras (ou estrangeiras) com experiência em cada eixo temático, os pareceres dos mesmos devem ser atendidos e retornado a comissão do evento no prazo de uma semana, aqueles que não cumprirem com o prazo, serão considerados sem interesse em dar continuidade a submissão no evento.

 

Obs. Comissão Científica reserva-se o direito de sugerir modificações de estrutura e do conteúdo do trabalho.

 

EIXOS TEMÁTICOS

Eixo 1: Gestão de recursos hídricos;

Eixo 2: Conflitos por recursos naturais, relação sociedade e natureza: problemas ambientais no campo e na cidade;

Eixo 3: Teoria e métodos de pesquisa em recursos hídricos;

Eixo 4: Percepção ambiental e sustentabilidade: Diálogos entre os povos da (na) Amazônia;

Eixo 5: Educação ambiental: Ações governamental, ONGs, educacional em bacias hidrográficas;

Eixo 6: Uso e reuso daágua.

 

PRAZO PARA SUBMISSÃO

Início: 10/07/2018

Término: 13/08/2018 até as 23:59 horas

 

INSTRUÇÕES GERAIS

Tipos de Trabalhos

 

O IV Simpósio de Recursos Hídricos aceita artigos originais, revisões e notas científicas.

 

Todos os tipos de trabalho devem apresentar folha de rosto como documento suplementar: Esta página deve conter os nomes (com último sobrenome em maiúscula), endereços institucionais completos e endereços eletrônicos do autor para correspondência. Os nomes das instituições não devem ser abreviados.

 

Artigos científicos

 

 Os artigos devem ser originais e apresentar relevante contribuição para o desenvolvimento da ciência na região Amazônica. Devem ser divididos nas seguintes seções: Folha de rosto, Título em português, Título em inglês e Titulo em espanhol, Autoria, Resumo, Palavras-chave, Abstract, Keywords, Resumen, Palabras-claves, Introdução, Material e Métodos, Resultados e Discussão, Conclusões, Agradecimentos (opcional), Aprovação em comitês especiais (caso necessário) e Referências.

 

Quando publicados em Inglês ou espanhol devem apresentar título, resumo e palavras-chave em português, alterando a ordem dos mesmos.

 

Os artigos poderão ser submetidos nas modalidades a seguir, os quais terão metodologia de apresentação distinta.

 

Resumo expandido

 

O resumo expandido será apresentado na modalidade pôster, com data e tempo a ser determinado pela comissão organizadora. Contudo devera ser anexado ao seu local de exposição deste a abertura do evento. Sua extensão devera ser de 3 a 5 paginas. A estrutura do texto deverá ter formato de artigo introdução justificada, objetivos, estado da arte (base teórica do problema), material e método, resultados e discussão, conclusões, agradecimentos e referências (podendo alguns desses itens ser agrupado de acordo com a opção do autor (es).

 

Artigo completo

 

O artigo completo será apresentado na modalidade comunicação oral. Deverá ser estruturado de 9 a 12 paginas (incluindo as referências bibliográficas) ser composta de estudos concluídos com dados consistentes.Deverá conter: introdução justificada, objetivos, estado da arte (base teórica do problema), material e método, resultados e discussão, conclusões,agradecimentos e referências (podendo alguns desses itens ser agrupado de acordo com a opção do autor (es).

 

Revisões

 

Revisões devem conter: Título em português, Titulo em espanhol, Título em inglês, Autoria, Resumo, Palavras-chave, Abstract, Keywords, Introdução, Desenvolvimento, Considerações finais, Agradecimentos (opcional), Aprovação em comitês especiais (caso necessário) e Referências. Os títulos de cada seção devem ser numerados sequencialmente (à exceção do tópico referências), digitados em negrito e justificados à esquerda. Pode conter subtítulos. As revisões serão aceitas apenas quando vindas de investigadores com know-how no assunto.

 

Notas científicas

 

As notas científicas devem apresentar resultados conclusivos e originais com relevância científica, porém com menor quantidade de informações que o artigo. As Notas Científicas e revisões não precisam seguir a subdivisão apresentada. Iniciar sempre uma nova página para as seguintes seções ou itens: Referências Bibliográficas; Tabela com título e rodapé; figura com título e legenda.

 

Painel

 

   O painel cientifico poderá ser submetidoapenas por ONGs, Grupos de Pesquisas, Comitês de Bacia Hidrográfica, Instituições de Pesquisa Governamental e Organizações não Governamental, estruturado dentro de uma das linhas de dialogo do evento.

            Deverá apresentar de 3 a 4 artigos na estrutura de artigo completo supracitado anteriormente sua estrutura, a ser avaliado incialmente pelo coordenador do painel, o qual desenvolverá um titulo geral para o painel com base nos artigos que pretende expor no mesmo. É de responsabilidade do coordenador do painel a apresentação do resumo norteador do painel que alinha os artigos que o comporão, sendo também de sua responsabilidade a submissão dos artigos juntamente com o resumo formatado em um único arquivo (cada artigo estruturado em separado será anexado ao resumo de apresentação do painel), bem como o perfil de cada ator principal que ira apresentar o artigo no painel, com o máximo de 8 linhas cada perfil

            O painel será apresentado em mesa redonda com o tempo de duração de 60 minutos. O tempo deverá ser rigorosamente respeitado pelo preponente do painel o qual ocupara o papel de moderador e dividirá o tempo de cada autor expositor.

 

PREPARAÇÃO DE MANUSCRITOS

 

Os manuscritos devem ser encaminhados apenas pelo e-mail simposiohidrico_cientifico@unir.br, em formato Word, e digitados em espaçamento 1,5, papel formato A4, com margens de 2 cm, fonte Times New Roman, tamanho 12. As páginas e linhas devem ser numeradas sequencialmente. Os manuscritos devem conter o número máximo de 20 páginas para os artigos e revisões e dez páginas para as notas científicas, incluindo figuras e tabelas.

Pesquisas que necessitem ou envolvam aprovações por órgãos oficiais ou comitês institucionais (humanos, animais, conhecimentos tradicionais, licenças para coleta, espécies ameaçadas etc.) devem apresentar no momento da submissão o parecer de aprovação.

 

IMPORTANTE: Os manuscritos não formatados conforme as Normas aqui apresentadas NÃO serão aceitas para publicação.

 

Tabelas

 

As tabelas devem ser organizadas e numeradas sequencialmente com algarismos arábicos e construídas de modo a serem autoexplicativas. A numeração e o título (legenda) devem estar em posição superior à tabela. A tabela pode ter notas de rodapé. O significado das siglas e dos símbolos utilizados na tabela (cabeçalhos, etc.) devem ser descritos no título ou notas de rodapé. Usar linhas horizontais acima e abaixo da tabela e para separar o cabeçalho do corpo da tabela. Não usar linhas verticais. Cada valor deve ser digitado em células distintas, estando centralizado e alinhado. As tabelas devem ser elaboradas em editor de texto (doc. ou docx.) e não devem ser inseridas no texto como imagem (p.ex. formato JPG).

A citação das tabelas no texto pode ser na forma direta ou indireta (entre parênteses), por extenso, com a letra inicial maiúscula. Por exemplo: Tabela 1 ou (Tabela 1). Na legenda, a tabela deve ser numerada e seguida de ponto antes do título: Por exemplo: "Tabela 1. Análise...". As tabelas devem ser inseridas logo após a primeira citação. Fonte Times New Roman, tamanho 10, com espaçamento simples.

 

Figuras

 

Somente ilustrações de alta qualidade serão aceitas. Todas as ilustrações serão consideradas como figuras, inclusive desenhos, gráficos, mapas, fotografias. A numeração e o título (legenda) devem estar em posição inferior à figura, fonte Times New Roman, tamanho 10, com espaçamento simples.

A figura pode ter notas de rodapé. Devem ser inseridas logo após a primeira citação. Para fotos e mapas coloridos utilizar resolução de 300 DPI. Não serão aceitas figuras que repitam informações de tabelas. Fotos coloridas, quando imprescindíveis, a critério da Equipe Editorial serão, também, aceitas. Não utilizar linha de borda na área de plotagem e nem na área do gráfico (Figura). Figuras não-originais devem conter, após o título, a fonte de onde foram extraídas e caso necessário, autorização dos proprietários dos direitos autorais.

 

Abreviaturas

 

As abreviaturas devem ser definidas em sua primeira ocorrência no texto, exceto no caso de abreviaturas padrão e oficial. Unidades e seus símbolos devem estar de acordo com os aprovados pelo Bureau InternationaldesPoidset Mesures (SI). Quando no texto existirem valores numéricos seguidos, colocar a unidade somente no último valor (Ex.: 05 e 10 cm). No caso de valores com decimais, recomendam-se duas casas decimais.

 

Fórmulas e equações

 

Devem ser numeradas, citadas no texto, centralizadas e digitadas no módulo Equation Editor do Microsoft Word.

  

ESTRUTURA DOS TRABALHOS

 

Título

 

Deve ser conciso e indicar o conteúdo do trabalho. Não deve ser uma descrição do material e métodos. Em português (negrito) e em inglês (versão em inglês, em itálico), digitados somente com a primeira letra da sentença em maiúscula e centralizados. Não deve ultrapassar 15 palavras.

 

Autores (Folha de rosto)

 

O nome dos autores deve ser escrito por extenso, completo e com último sobrenome em letras maiúsculas, sendo identificados por algarismos arábicos sobrescritos (exemplo: José Ribeiro SILVA1), estando os nomes separados por vírgula e centralizado. A identificação dos autores deve vir em uma linha após o nome dos autores, sendo identificados pelos algarismos arábicos correspondentes, na fonte Times New Roman, tamanho 10. Autores com mesma titulação e de mesma instituição devem ser agrupados. O autor para correspondência deveráser identificado por meio do fornecimento de e-mail. Será permitido até 6 (seis) autores por trabalho. Esta parte deverá estar em um documento a parte do restante do trabalho (enviado como documento suplementar em formato folha de rosto).

 

Resumo, Resumen e Abstract

 

Devem conter no máximo 250 palavras cada, em um só parágrafo, iniciando abaixo da palavra Resumo/Abstract. Não devem apresentar citações. Deve se iniciar com uma breve frase introdutória, que justifique o trabalho e incluir as razões e objetivos da investigação, local da pesquisa, como foi feita, resultados mais importantes e conclusões. Toda e qualquer abreviações devem ser precedida da grafia por extenso. O abstract deve ser fiel ao resumo.

 

Palavras-chave, Palabras-claves e Keywords.

 

No mínimo três e máximo seis. Devem ser separadas por vírgulas, sem ponto final, com informações que se relacione ao trabalho, permita a indexação do trabalho e facilite aos leitores encontrá-los nas ferramentas de busca. Não são aceitas palavras-chave que fazem parte do título.

 

Todos os títulos das cessões do trabalho deverão estar em caixa alta, acompanhados anteriormente por algarismos arábicos e espaço. Quando for necessário utilizar subseções, esses deverão também estar após algarismos arábicos e espaço, alinhado à esquerda e apenas a primeira letra em maiúscula. Ambos devem estar em negrito e em tamanho de fonte 12.

 

Ex:

1. INTRODUÇÃO

2. ESTADO DA ARTE

3. MATERIAL E MÉTODOS

3.1. Área de estudo

3.2. Coleta e beneficiamento de sementes

3.3. Produção de mudas

 

  1. INTRODUÇÃO

 

Deve conter a justificativa e a revisão de literatura do assunto, escrito de forma clara e objetiva. Deve possuir no máximo duas páginas e explicitar claramente o objetivo do trabalho.

 

  1. ESTADO DA ARTE (ou REFERENCIAL TEORICO)

 

Devem apresentar o que já foi pesquisado por outros autores em níveis específicos ou em níveis mais gerais sobre a problemática proposta da pesquisa. Averiguando também como a problemática interfere outros espaços geográficos como não se tratar de uma temática inédita.

 

  1. MATERIAL E MÉTODOS

 

Devem apresentar sequência que facilite a compreensão do leitor, como descrição do local, do período de realização da pesquisa, delineamento experimental e tratamentos variáveis utilizadas e procedimentos estatísticos (caso haja). Somente métodos novos e material incomum devem ser descritos detalhadamente, ou descrevê-los resumidamente fornecendo a citação bibliográfica correspondente. Ou seja, técnicas e procedimentos de rotina devem ser apenas referenciados. As informações devem ser suficientes à repetição do trabalho por outros pesquisadores. É permitida a apresentação em subseções, desde que apresentadas de forma a facilitar a compreensão dos métodos empregados.

 

  1. DESENVOLVIMENTO

 

Exclusivo para artigos de revisão. Deve ser escrito de forma crítica, apresentando a evolução do conhecimento da área proposta, as lacunas existentes e o estado atual da arte com base no referencial teórico disponível na literatura e as relações diretas e indiretas com a Amazônia.

 

  1. RESULTADOS E DISCUSSÃO

 

Dados não apresentados não podem ser discutidos. Caso apresentem subseções, estas devem estar relacionadas ao Material e Métodos. Recomenda-se que os resultados sejam apresentados e discutidos de forma consistente e as comparações devem ser realizadas somente para confrontar o novo conhecimento obtido com o existente. Dados devem ser apresentados somente uma vez, seja no texto, em tabelas ou figuras.

 

  1. CONCLUSÕES

 

As conclusões são obrigatórias e devem vir como um tópico independente. Devem ser apresentadas em frases curtas e objetivas, com o verbo no presente do indicativo. Não devem ser repetição dos resultados, devem responder aos objetivos expressos no artigo. Não podem ser a apresentação de um resultado que não foi discutido no item Resultados e Discussão, assim como não podem consistir em apenas no resumo dos resultados. Deve apresentar a contribuição do trabalho, ou seja, seus achados, de forma clara e objetiva.

 

  1. AGRADECIMENTOS

 

Escrito de forma objetiva e ser inserido no final do texto. Agradecimentos a auxílios ou bolsas, assim como agradecimentos à colaboração de colegas, bem como menção à origem de um artigo (ex: teses) devem ser indicados nesta seção. Agradecimentos pessoais devem preceder os agradecimentos a instituições ou agências. Não deve ultrapassar 50 palavras.

 

  1. APROVAÇÃO EM COMITÊS ESPECIAIS

 

Indicar qual comitê emitiu o parecer e o número do processo. É obrigatório para pesquisas envolvendo seres humanos, animais, organismos geneticamente modificados.

 

  1. CITAÇÕES E REFERÊNCIAS

 

Os autores são responsáveis pela exatidão das citações e referências.

 

9.1 Citações

 

Não serão aceitas autocitação, citações de resumos, comunicação pessoal, documentos no prelo ou qualquer outra fonte, cujos dados não tenham sido publicados. Referências a teses, abstracts de reuniões, simpósios, desde que publicados, podem ser citados no texto. Pelo menos 70% das referências devem ser artigos de periódicos científicos, evitando-se exceder o total de 40 citações, no caso para a publicação do trabalho na RBCA. Para a publicação em Livro e Trabalho Completo, não há limites para as citações bibliográficas.

As citações devem ser normalizadas de acordo com a NBR 10520 da ABNT, porém com algumas adaptações apresentadas aseguir:

 

9.1.1 Quando as citações estiverem dentro de parênteses

 

Citação com um autor: sobrenome com a primeira letra maiúscula, seguido de vírgula e ano  de publicação (Silva, 2015).

Citação com dois autores: sobrenomes com a primeira letra maiúscula, separados por “;”, seguidos de vírgula e ano de publicação (Silva; Souza, 2015).

Citação com mais de dois autores: sobrenome do primeiro autor com a primeira letra maiúscula, seguido da expressão et al., em fonte normal, vírgula e ano de publicação (Silva et al., 2015).

Citação de mais de uma obra: deve obedecer à ordem cronológica (Souza et al., 2010; Silva, 2015) e se forem do mesmo ano de publicação, segue-se a ordem alfabética dos autores (Silva, 2015; Souza et al., 2015).

Citação de mais de uma obra dos mesmos autores: os nomes destes não devem ser repetidos; colocar os anos de publicação separados por vírgula (Silva; Souza, 2010, 2015).

Citação de mais de uma obra dos mesmos autores, com mesmo ano de publicação: devem ser distinguidos por letras (Silva, 2015a) (Silva, 2015b).

Citação de citação: O trabalho que utilizar citações de citações (apud) não poderá ser publicado na RBCA, mas ainda é possível sua aceitação em Livro ou como Trabalho Completo.

 

9.1.2 Quando as citações estiverem fora de parênteses

 

São aquelas citações com os nomes dos autores incluídos na sentença. Sendo assim, os sobrenomes devem ser grafados com a primeira letra maiúscula seguem as orientações anteriores, com os anos de publicação entre parênteses; são separadas por vírgula.

 

9.2 Referências

 

          As referências devem ser listadas em ordem alfabética do primeiro autor sempre na ordem do sobrenome. Se houver mais de três autores, use o nome do primeiro autor seguido de et al. Os nomes das revistas devem ser colocados por extenso. Os itens devem estar alinhados à esquerda e não deve haver espaço entre as referências. Os seguintes exemplos são considerados como guia geral para as referências:

 

9.2.1 Artigos de periódicos

 

(Os nomes das revistas devem ser colocados por extenso)

 

NOVAIS, R. F.; BARROS, N. F.; NEVES, J. C. L. Interpretação de análise química do solo para o crescimento e desenvolvimento de Eucalyptus spp. Níveis críticos de implantação e de manutenção. Revista Árvore, Viçosa, n. 10, p. 105-111, 1986.

 

9.2.2 Artigo de periódicos em meio eletrônico

 

Idem ao anterior, porém sem a cidade da revista, e inserindo o link de onde foi extraído. NOVAIS, R. F.; BARROS, N. F.; NEVES, J. C. L. Interpretação de análise química do solo para o crescimento e desenvolvimento de Eucalyptus spp. Níveis críticos de implantação e de manutenção. Revista Árvore, n. 10, p. 105-111, 1986. Disponível em: http://www.scielo.br. Acesso em: 25 nov. 2001.

 

9.2.3 Livro

 

FONSECA, S. M. da.; RESENDE, M. D. V. de; ALFENAS, A. C.; GUIMARÃES, L. M. da S.; ASSIS, T. F. de; GRATTAPAGLIA, D. Manual prático de melhoramento genético de eucalipto. Viçosa, MG: Ed. UFV, 2010. 200 p.

 

9.2.4 Capítulo de livro

 

STACHIW, R; BAUMHARDT, E.; FERREIRA, E.; SOUZA, E. F. M.; VENDRUSCOLO, J; MIRANDA, U. B.; SANTOS, L. M. H. Diagnóstico preliminar da contaminação por coliformes fecais em poços rasos e superficiais da cidade de Rolim de Moura RO. In: MARÇAL, M. S.; CARNIATTO, I.; CARAMELLO, N. M. A.; PINHEIRO, Z. C. S. (Org.). Amazônia, Recursos Hídricos e Diálogo Sócio Ambiental. 1ed. Curitiba: CRV, 2011, v. 1, p. 122-129.

 

9.2.5 Trabalho de evento Publicado em periódicos

 

SANTOS, A. M.; LOPES, J. M. A.; STACHIW, R.; SANTOS, L. M. H.; TAVARES, V. C. C. Análise espacial da qualidade de água de poços em Rolim de Moura-Rondônia. Revista Brasileira de Ciências da Amazônia, v. 1. p. 104-108, 2012.Congresso sobre Recursos naturais da Amazônia Ocidental: Sustentabilidade Ambiental, 2012, Rolim de Moura, Rondônia.

 

9.2.6 Trabalho de evento publicado em Anais

 

MEDEIROS, A. C.  de S.; WALTERS, C.; HILL, L.  Sensitivity of Araucaria angustifolia embryos to low water contents and temperature. In: INTERNATIONAL

WORKSHOP ON SEED BIOLOGY, 7., 2002, Salamanca. Workshop... [S.I.]: International Society for Seed Science, 2002. p. 138.

 

9.2.7 Tese e dissertações

 

QUADROS, K. M. Propagação vegetativa de erva-mate (Ilexparaguariensis Saint Hilaire – Aquifoliaceae). 2009. 69 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal), Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.

 

QUADROS, K. M. Multiplicação in vitro e ex vitro de Ilexparaguariensis A. Saint Hilaire (erva-mate). 2013. 99 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal), Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.

 

9.2.8 Outras Publicações

 

SIATYCKI, J. 1985. Dynamics of classical Fields. University of Calgary, Department of Mathematics and Statistics, 55 p. Preprint n. 600.

INPE. 2009. Estimativa do desmatamento na Amazônia. (São José dos Campos: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Disponível em http://www.inpe.gov.br. Acesso em 10 de out de 2010).

 

  1. Outras Informações

 

 As opiniões e conceitos emitidos nos manuscritos são de exclusiva responsabilidade dos seus respectivos autores.

 

  1. As coautorias

 

A participação dos coautores deve ter permissão dos mesmos para serem inseridos no artigo, bem como o detalhamento da contribuição de cada um. Esta vetado participações de coautores que não possam defender as abordagens teóricas e metodológicas defendidas no texto.

 

  1. Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas não serão analisadas:

  1. A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar no e-mail de submissão.
  2. Os arquivos para submissão estão em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2MB)
  3. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos acima.
  4. A identificação de autoria do trabalho foi removida do arquivo e da opçãoPropriedades no Word, garantindo desta forma o critério de sigilo dos organizadores do evento, caso submetido para avaliação por pares (ex.: artigos).
  5. Gráficos, quadros e tabelas utilizadas no corpo do trabalho estão anexados em formatos originais.

      6. As figuras anexadas separadamente, possuem a qualidade solicitada.

<<
Julho 2018
>>
DoSeTeQuQuSe
1234567
891011121314
15
16
1718192021
22232425262728
293031    




Não foi encontrado nenhum arquivo cadastrado.


Não foi encontrado nenhum link de imagem.